Manet | A Batalha do Kearsarge e o Alabama | Quadro Reprodução Canvas

Compre réplica da obra do quadro do artista Édouard Manet A batalha do Kearsarge e o Alabama, também chamada de The Battle of the Kearsarge and the Alabama

 

A reprodução da obra em canvas é em tela de pintura e o poster/gravura é em papel fotográfico sempre com imagens em alta definição em diversos tamanhos. Conheça agora e surpreenda-se como a arte deixa a decoração do ambiente incrível! Em até 12x e frete grátis.

 

Giclée é uma impressão de alta resolução que proporciona qualidade de museus e galerias, com tintas com durabilidade de 150 anos se conservada tirando pó com pano seco e sem incidência de umidade e luz solar. Essa técnica fine art consiste em reproduzir uma obra de arte com extrema qualidade, sensação 3D, a única diferença é que não existe o volume de tinta da pintura original.

 

Nossas gravura/pôsters são confeccionados em papel fotográfico de  gramatura 170g semi-brilho. E as telas decorativas em canvas são impressas em lona 100% algodão gramatura 400g que é  mesmo material que os artistas usam para pintar suas obras. É uma tendências que as pessoas estão procurando para decoração nos EUA e Europa por parecer uma pintura original.

 

Para quem deseja encher o lar de sofisticação e beleza, a dica da vez é este lindo Quadro Decorativo combina perfeitamente com todo tipo de decoração. 

Manet - A Batalha do Kearsarge e o Alabama

R$ 200,00Preço
Material
Tamanho
  • A reprodução é entregue enrolada, sem acabamento dentro de um tubo para o cliente optar por painel ou emoldurá-la de acordo com a decoração.

     

  • A Batalha do Kearsarge e do Alabama é uma pintura a óleo de 1864 por Édouard Manet. A pintura comemora a batalha de Cherbourg de 1864, uma relação naval entre o cruzador da união USS Kearsarge e o incursor confederado CSS Alabama. Muitos espectadores puderam ver a batalha da costa da França e viram que o USS Kearsarge afundou o CSS Alabama. Não tendo testemunhado a batalha em si, Manet contou com descrições da imprensa sobre a luta para documentar seu trabalho. 

    Dentro de um mês desta batalha, Manet já havia completado esta pintura e a colocou em exibição na gráfica de Alfred Cadart, em Paris. 

    Em 1872, Barbey d'Aurevilly afirmou que a pintura era uma "magnífica pintura marinha" e que "o mar ... é mais assustador que a batalha". 

    Ele foi pendurado no Alfred Cadart e foi elogiado pelo crítico Philippe Burty.

    A pintura foi adquirida pelo colecionador de arte francês Marguerite Charpentier em 1878 e agora está no Museu de Arte da Filadélfia

Os valores sofrem alterações devido ao material e tamanho

Produtos Relacionados

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

whatsapp logo.png